Sabia que aquele era um novo começo e dos bons…

Foram os primeiros pingos de chuva que a fizeram sorrir. Era uma sensação reconfortante e familiar.

Era como se aqueles pingos fossem a água que precisava, para que as sementes que tinha vindo a plantar no seu coração, começassem finalmente a crescer em força.

Olhou para a céu e agradeceu baixinho pela chuva. Só depois de deixar que as gotas tocassem a sua pele e escorressem pelos braços e pela face é que procurou abrigo.

Pediu uma bebida quente,  segurou-a entre as duas mãos, viu o mar à sua frente, sentia que algo em si estava diferente e por isso sorriu.

Sabia que aquele era um novo começo, e dos bons!


2 thoughts on “Sabia que aquele era um novo começo e dos bons…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s