Sobre empatia e uma pergunta filosófica que acabou numa anedota para adultos…

Depois da minha caminhada gosto sempre de me sentar de frente para o mar. Costumo recostar-me num banco, tirar os óculos da cara e colocá-los em cima da cabeça a prender o cabelo, fecho os olhos e fico alguns momentos em silêncio. Hoje não foi excepção, com a pequena diferença do meu momento de introspecção ter sido interrompido por um senhor de camisola vermelha, boina azul escura e ar castiço, acompanhado por uma senhora com uma cara adorável que segurava uns óculos redondos e um sorriso bondoso.

– Posso fazer-lhe uma pergunta? (avançou o senhor)

– Claro! (abanei a cabeça)

– No seu conceito de vida humana…

(E eu os meus olhos abriram-se, pensava que ia começar uma conversa filosófica)

A senhora que o acompanhava abanava a cabeça e pedia que o senhor se calasse. Mas eu acho que sem querer o incentivei a continuar com a conversa. E o senhor continuou:

– O que acha que é uma vagina e catorze testículos num campo?

– Bem, para começar uma grande confusão (respondi da forma mais rápida que consegui)

– Não menina, na verdade é simples. É a branca de neve e os sete anões!

Eu soltei uma gargalhada, não pela piada em si, mas por todo aquele cenário. Pela espontaneidade do senhor e pela minha ingenuidade.

O senhor sai de cena depois do seu acto estar completo. E a senhora fica a pedir-me desculpa:

– Sabe é que ele leu isto numa revista e agora quer contar a toda a gente.

Disse à senhora que não se preocupasse e que tivessem um bom dia.

Voltei a ficar sozinha e observei se no caminho que o casal seguia paravam e contavam a mais alguém a piada. Até onde a minha vista alcançou não o fizeram.

De repente comecei a perguntar-me sobre qual teria sido o motivo para que aquela conversa fosse precisamente comigo. Dei por mim a pensar em empatia, em parte porque ontem passei uma agradável a tarde a falar do assunto. Mas depois lembrei-me que ontem de manhã tinha lido uma piada e que a contei a três pessoas, mas que nenhuma delas achou graça.

Talvez tenha sido só isso, talvez eu precisasse que alguém me contasse uma piada da qual eu não me iria rir, ou talvez o senhor precisasse contar uma piada a quem sabe o que é alguém não achar piada ao que contamos.

Sem respostas ou certezas absolutas, deixei-me ficar mais uns instantes em silêncio, depois percebi que queria escrever sobre isto. Sobre a necessidade de falarmos com quem sabemos que nos vai entender.

Não é isso que procuramos todos? Ter alguém com quem conversar que nos oiça, entenda e não julgue!


19 thoughts on “Sobre empatia e uma pergunta filosófica que acabou numa anedota para adultos…

  1. Sim como nada acontece por acaso …empatia sim a vida tem destas “curiosidades” e todos orecisamos de atenção aonda que seka só ouvir uma “anedota” .. o ar bondoso de quem escuta tb conta ! Beijinhos ❤

    Liked by 1 person

  2. Empatia… A capacidade de colocar-se na pele do outro…
    Penso muito nisso, nos últimos anos. Cada vez mais. E cada vez mais penso que esse gesto tão pessoal, tão único, pois que a enpatia só funciona quando individualizada, pode transformar o mundo, por ser tão simples e lidar com algo tão básico: Como o outro se sente. Este teu post cativou-me, e agradeço ao castiço senhor que sentiu a necessidade de compartilhar uma piada ingênua, por ter culminado com este texto. Obrigado 🙂

    Liked by 1 person

  3. Um senhorzinho bem simpático e uma reflexão bem profunda. Uma pequena conversa com alguém que realmente nos entenda vale mais do que muitos anos de companhias alheias a nós. Obrigada por compartilhar, é bom descobrir que não estamos sós na busca por compreensão.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s