Celebrar a diferença, a unicidade!

Sou defensora irredutível das diferenças, sou ainda mais irredutível no que diz respeito à celebração dessas diferenças. Quando alguém perguntava à minha mãe a quem eu saía ou com quem me parecia, ela respondia sempre: sai a ela própria, parece-se com ela própria. E embora a genética tenha um papel muito marcado nas semelhanças físicas … More Celebrar a diferença, a unicidade!